Track: Atingindo Todo o Potencial de Containers

Sala: 4 São Francisco

Dia da semana: Quarta-feira

Esta track, fornecerá uma visão autêntica das melhores práticas para se extrair o real valor dos containers, evitando as armadilhas comuns e de forma a explorar todo o potencial da conteinerização das suas aplicações. A trilha será composta por histórias reais e estudos de casos das empresas mais inovadoras em engenharia de software. Nós acompanharemos toda a jornada do seu software: dá máquina de desenvolvimento ao ambiente de produção.
Serão também exploradas as técnicas e tecnologias por trás das empresas que operam no estado da arte da conteinerização, bem como uma visão fundamentada de como a inovação das empresas depende da tecnologia de containers e quais são as melhores práticas para efetivamente entregar valor ao seu negócio.

Track Host: Diógenes Rettori

Executive Director at JPMorgan

Diógenes trabalha como Diretor executivo na JPMorgan. Anteriormente, Diógenes foi gerente de produto na Red Hat para o OpenShift Container Platform e Gerente de Marketing para JBoss Middleware na América Latina. Ele foi da primeira turma de Ambassadors da Cloud Native Computing Foundation (CNCF.io). Sua participação nas comunidades também inclui a liderança da Sampa Kubernetes Meetup e Boston Kubernetes Meetup.

10:50am - 11:35am

Kubernetes Deep Dive - Do entendimento de componentes à execução dos workloads

O Kubernetes consolidou-se como o Orquestrador de Containers do mundo de TI. Empresas cobram o conhecimento dessa ferramenta para o cargo de SRE. Players de nuvem oferecem um Kubernetes gerenciado, com a instalação/atualização de todos os componentes de forma automatizada.

Mas você sabe como o Kubernetes funciona de verdade? O que acontece quando você cria um POD? Qual o papel de cada peça do Kubernetes nesse ciclo, até o Workload em execução?

Nessa palestra iremos mergulhar pelos principais objetos e componentes do Kubernetes para entender qual papel de cada um no ecossistema Kubernetes, como e se eles se relacionam, e também o que acontece quando um deles é removido do ar.

Ricardo Pchevuzinske Katz, Gerente do Departamento de Engenharia de Nuvem e Automação no SERPRO

11:50am - 12:35pm

Multi-tenancy in Kubernetes

Most business need to run multiple applications (e.g., multiple microservices) or serve many clients (e.g., a SaaS providing a database per client). Running multiple applications with kubernetes, or serving multiple tenants, can be approached in several ways. The simplest, but least cost-effective, is to have a separate cluster for each application or tenant. On the other end of the extreme are shared clusters, where each application or tenant is assigned a namespace (or label) in the kubernetes cluster. The latter model allows for better cost efficiency. In this talk, I will share both the mechanics and the implications of cluster sharing on cost, isolation, and operational efficiency. I will discuss use cases where cluster sharing is appropriate, for instance in the case of multiple small applications, or applications that run at non-overlapping times (e.g., interspersing batch workloads with services when traffic to those services is low). I will also talk about times when cluster sharing is more challenging. At the end of this talk, I hope to give you a good idea for how to think about the different approaches to sharing.

Katharina Probst, Senior Engineering Manager at Google

2:05pm - 2:50pm

Escalando uma instituição financeira com Kubernetes

O Kubernetes já é adotado mundialmente e se consolidou como ferramenta para orquestração de containers. Mas como empresas que já tem sua operação funcionando podem fazer essa migração sem abrir mão de segurança e disponibilidade? Todos os desenvolvedores vão precisar de conhecimento avançado sobre Kubernetes pra continuar fazendo seu trabalho?

Esta palestra vai falar sobre os principais problemas e soluções que a Nubank adotou ao migrar a infraestrutura para o Kubernetes de forma transparente para os desenvolvedores.

Yago Nobre, Engenheiro de Software no Nubank
André Poleza, Engenheiro de Software na Nubank

3:05pm - 3:50pm

Elasticidade e agilidade para lojas físicas, uma história de transformação em um dos maiores varejistas do Brasil

Conheça como a Via Varejo, grupo responsável pelas marcas Casas Bahia e Ponto Frio, vem reformulando seus sistemas e plataformas para de forma elástica e ágil atender mais de 1000 lojas físicas.

Nesta palestra serão apresentados benefícios, dores e aprendizados na construção da arquitetura de comunicação, integração e microsserviços para atender o alto volume de requisições do Via+, detalhando a integração contínua, ambientes geo distribuídos e observability, juntando o novo e o velho, desenhando uma visão de futuro cheia de oportunidades.

Filipe Jaske, Head of IT Infrastructure na Via Varejo
Maicon Peixinho, Digital IT Manager na Via Varejo

4:05pm - 4:50pm

Software Supply Chain Management with Grafeas and Kritis

Software Supply Chain is a collective term used to describe the continuous integration and delivery pipelines. In addition, it refers to the observability tools that track what happens to a piece of code from the moment it’s in the source code to when it gets deployed, and everywhere in between. Grafeas is an open-source artifact metadata API to audit and govern your software supply chain. It's built as an industry standard for storing and retrieving metadata about software resources. Kritis is an open-source solution for securing your software supply chain for Kubernetes applications. It enforces deploy-time security policies using Grafeas.

This talk will discuss the goals for each of the two open source projects, dive into the examples of how they can be used to secure your company's software supply chain, and conclude with the details of current and future development.

Aysylu Greenberg, Senior Software Engineer @Google

5:20pm - 6:05pm

Evitando Lock-in: Continuous Deployment, Kubernetes e Spinnaker para gerenciar um ambiente multi-cloud

Spinnaker é uma plataforma open source de entrega contínua. Ele permite a liberação de novas features de software com alta velocidade e confiança. Ele combina um sistema de gerenciamento de pipeline poderoso e flexível com integrações aos principais provedores de nuvem.

Se os seus desafios são: deploy em diferentes provedores de cloud; zero downtime deployment; implantação em múltiplas regiões, e rollback em um click, essa palestra é para você. Serão abordados os desafios de utilizar Spinnaker no Itaú Unibanco como solução para responder a essas questões e garantir total disponibilidade, evitando assim lock-in com específico provedor de nuvem.

Joel Junior, Arquiteto de solução no Itau-Unibanco

Tracks 2019

Segunda-feira, 6 de maio

Terça-feira, 7 de maio

Quarta-feira, 8 de maio