Palestra: A experiência na migração do Java 8 para o Java 11 no Itaú

Track: Java e JVM em evolução

Sala: Sala 2

Horário: 5:20pm - 6:05pm

Dia da semana: Segunda-feira

Apresentação em Português

Share this on:

Pontos Principais

  • Quais os ganhos que o Java 11 traz? Qual é o trade-off desta migração?
  • Melhores práticas para migração de versões em bases de código de tamanho expressivo.
  • Impacto na performance, footprint de execução das aplicações Esteiras, base de código, convivência entre JDK’s.

Resumo

Assim como a grande maioria do mercado, o Itaú ainda usa Java 8 em seus backends para Internet e Mobile. Mas tendo em vista os inúmeros desafios de se manter um ambiente grande e complexo atualizado, o Itaú começou a planejar a migração gradual da sua base de código Java para a próxima versão LTS, ou seja o Java 11. Este processo vai muito além de uma migração da versão de Java, pois aproveitamos esta oportunidade para também tomar proveito das melhorias gerais para o ambiente em containers, segurança, performance, além da migração para versões mais atualizadas de diversos componentes do ecossistema Java.

Mas é claro que todo este processo não está sendo sem grande desafios, entre eles relacionados a estratégia de modularização, já que temos uma grande quantidade de código que é legado e precisa continuar funcionando. Cada um destes desafios nos apresenta uma série de questionamentos: Qual a melhor estratégia para migração? Devo realmente fazer o upgrade? Quais nortes seguir?

Como atualizar o ecossistema ? Onde atacar primeiro e como ? Venha para esta palestra conhecer a experiência do Itau nesta complexa migração, quais os desafios que estamos enfrentando e quais são as melhores práticas e estratégias para passar por eles.

Palestrante: Sérgio Lopes

Especialista no Itaú

Nerd, geek, músico de garagem, gamer e pai. Trabalhando com Web desde 1996 e completamente apaixonado por esse mundo de desenvolvimento, TI e suas cercanias.

Find Sérgio Lopes at

Tracks 2019